Deslizamentos de Encostas

Nos últimos tempos têm sido freqüentes as notícias nos jornais e em toda a mídia sobre acidentes e tragédias envolvendo o deslizamento de encostas. Somente nos primeiros quatro meses do ano de 2010, no Rio de Janeiro houveram dois deslizamentos de grandes proporções que mataram centenas de pessoas. Neste artigo vamos saber um pouco mais sobre os deslizamentos de encostas, como e porquê eles acontecem e como podem ser evitados.

Deslizamentos de Encostas: Fenômeno Natural ou Ação Humana?

A princípio os deslizamentos de terra e de encostas fazem parte, assim como outros tipos de movimento de massa, da dinâmica de transformação e formação natural da crosta terrestre e se relacionam a fenômenos naturais como a variação climática e a gravidade, porém em lugares onde há a ocupação humana esses movimentos tendem a ter conseqüências muito graves. Em situações de deslizamento não há como conter o movimento de terra iniciado e tudo o que estiver pela frente pode ser soterrado ou mesmo levado pela encosta. No entanto, mesmo se tratando de fenômenos naturais, os movimentos de massa e os deslizamentos de encostas são na maioria das vezes desencadeados pela natureza e agravados pela ação humana, que acaba sendo decisiva para a ocorrência ou ainda para o agravamento desses movimentos.

Deslizamento

A Ação Humana

Como vimos, mesmo sendo um fenômeno natural, a ação humana é decisiva na ocorrência da maioria dos fenômenos, que são causados ou agravados principalmente por fatores como a ocupação desordenada e pela destruição da vegetação nativa dessas regiões. A ocupação desordenada dos morros e das encostas sobrepõe uma grande carga extra ao peso ali existente de massa sedimentada, e as devastações da vegetação natural, em virtude das próprias construções, acabam deixando o solo muito exposto às intempéries, que com o tempo vai se tornando compacto e forma áreas naturais de escoamento o que faz com que surjam fendas e rachaduras, o que favorecem e dão inicio ao processo de deslizamento. A construção de estradas nesses locais e a vibração do solo em virtude do tráfego também são fatores importantes para desencadear os deslizamentos.

Fatores Naturais

Associado a ação do homem com a ocupação desgovernada, a construção de estradas e a degradação da vegetação nativa, está o clima tropical brasileiro, onde são comuns períodos muito chuvosos tanto no inverno quanto no verão. Esse é um fator decisivo que faz com que o solo fique encharcado, criando a situação propícia para os deslocamentos de massa com o conseqüente deslizamento de encostas. Quanto mais íngremes e sem vegetação forem às encostas, maiores os riscos de deslizamento.

Os deslizamentos de encostas são os desastres de incidência mais grave enfrentados pela Defesa Civil Brasileira, no entanto existem maneiras de evitar a maioria desses deslizamentos, é necessário conscientização da população e das autoridades para que as medidas cabíveis sejam adotadas.

Desastres

5 comentários

  1. isso tambem pode ser causada por causa da falta di moradia pras pessoas carentes.

  2. bah achei muito tri pois vcs explicaram td bem direitinho de forma que todos que visitem seu site endendam o que estam querendo dizer parabéns!!!

  3. ESSE NEGOCIO AE É TUUDO DE PUTA SO TEM PBRE Q MORA NAS ENCOSTAS RICA SOU EU CAMBAD DE PUTA

  4. isso me ajudou mt valeu mesmo !!!!

  5. eu queria a introdução disso !!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>