O Que é Húmus e os Seus Benefícios Para o Solo

A matéria orgânica depositada no solo que resulta da decomposição de animais e plantas mortos ou mesmo dos seus subprodutos recebe o nome de húmus ou humo. O processo de formação desse composto é chamado de humificação e pode acontecer de forma natural ou artificial.

O húmus é formado por frações de ácido húmico, ácido fúlvico e humina, confira abaixo uma explicação mais detalhada sobre cada um desses componentes.

Humina – O componente que mais aparece nas substâncias húmicas do solo. Trata-se de uma fração insolúvel no meio ácido e alcalino por ter maior peso molecular. Esse componente é considerado como o produto final do processo de humificação.

Imagem de Amostra do You Tube

Ácido Húmico – Esse componente se apresenta solúvel em meio alcalino, mas é insolúvel em meio ácido. Bastante importante em vários processos como o intemperismo, por exemplo, esse ácido é bastante complexo quimicamente falando.

Ácido Fúlvico – A fração de substâncias húmicas que possui o menor peso molecular e que é solúvel tanto em meio ácido como em meio alcalino.

Humificação Natural

Acontece quando o húmus é produzido de forma espontânea por bactérias e fungos que estão no solo, os chamados organismos decompositores.

Humificação Artificial

Acontece quando o processo é induzido pelo homem, basicamente são adicionados ao solo produtos químicos e água. O trabalho de humificação é feito por agentes externos variados como a umidade e a temperatura.

Compostagem

A compostagem consiste em alguma técnica que faz o tratamento dos resíduos sólidos orgânicos. Basicamente se trata de um processo natural de decomposição de resíduos orgânicos como grama, folhas, frutas, vegetais entre outros. O processo produz o húmus em menores partes.

Processo de Compostagem Aeróbica

O processo se dá através da respiração aeróbica dos micro-organismos que fazem a decomposição dos resíduos orgânicos, para conseguir fazer esse processo é necessário que haja oxigênio presente no ar.

Outro fator bem importante é a água para que esses micro-organismos possam sobreviver e se proliferarem. Ainda no seu processo de respiração os micro-organismos expelem dióxido de carbono e calor, esse processo é também chamado de compostagem aeróbica.

Processo de Compostagem Anaeróbica

O processo que é chamado de compostagem anaeróbica consiste em os micro-organismos conseguirem fazer a decomposição de matéria orgânica sempre precisar de oxigênio. Trata-se de um tipo de compostagem que leva bem mais tempo para chegar ao fim, acontece em baixas temperaturas e tem como fator desagradável a produção de fortes odores.

Vermicompostagem – Compostagem Com Minhocas

O processo de vermicompostagem utiliza minhocas e a decomposição de resíduos e dejetos de animais bem como lixo orgânico. Isso contribui para tornar os solos mais férteis e ainda é ecologicamente correto uma vez que seqüestra carbono e ainda reduz os cheiros desagradáveis.

Pelo fato de a minhoca ser vista como uma verdadeira máquina de limpeza de resíduos, a vermicompostagem, é bastante difundida principalmente nas áreas rurais. Para se ter uma ideia do potencial desse tipo de humificação quando se coloca a quantidade correta de minhocas (em torno de 5.000 unidades para cada metro quadrado) num período de 30 a 35 dias (no processo normal de compostagem o tempo deveria ser de 100 a 300 dias) é possível transformar 2,5 toneladas de resíduos orgânicos em húmus num canteiro de 10×0,80×0,40m.

A função da minhoca é comer os resíduos e defecar, o seu excremento possui em torno de 2 milhões de bactérias por grama o que enriquece o solo e assim torna possível que as plantas tenham acesso a um grande complexo mineral. Seria algo como cinco vezes e meia mais nitrogênio, duas vezes e meia mais magnésio, duas vezes mais cálcio, sete vezes mais fósforo e até onze vezes mais potássio do seria encontrado no solo que não passou por esse processo.

Utilização do Húmus

O húmus é um fertilizante natural que oferece excelentes resultados para o crescimento das plantas. Esse composto é bastante utilizado em plantios comerciais e domésticos, uma contribuição para que as plantas tenham mais vigor de forma natural. O composto pode ser utilizado de maneiras diferentes, confira abaixo:

  • O húmus pode ser utilizados para encher vasos e tabuleiros de germinação, o composto pode ser usado sozinho ou então ser misturado com turfa ou areia.
  • O composto pode ser espalhado no solo por cima de plantas, arbustos e árvores.
  • É possível diluir o húmus em água e usá-lo para regar as plantas ou mesmo fazer pulverização com esse composto.

Uma das principais vantagens de usar húmus é que ele se trata de um fertilizante bastante potente que pelo fato de ter ph neutro não causa nenhum dano para as plantas como, por exemplo, envenenamento, apodrecimento ou queimaduras.

Os Benefícios do Húmus

O componente orgânico que resulta da decomposição microbiana de resíduos de animais e plantas, chamado de húmus é bastante positivo para o solo. Saiba mais sobre essas vantagens que esse composto acastanhado oferece para o solo.

  • Propriedades Físicas do Solo – O húmus ajuda a melhorar as propriedades físicas do solo.
  • Liberação de Nutrientes – O húmus libera nutrientes de forma lenta o que ajuda a tornar a adubação mais eficaz e prolongada.
  • Tamponamento do Solo – O húmus também aumenta a capacidade de tamponamento do solo.
  • Umidade – Esse composto ajuda a reter a umidade por mais tempo no solo.
  • Reservatório Fixo de Nitrogênio – Uma das principais vantagens do húmus é funcionar como um tipo de reservatório fixo de nitrogênio o que deixa o solo mais fértil.
  • Compactação – O húmus evita que haja a compactação dos solos argilosos e contribui para a agregação dos solos arenosos.
  • Adubo Foliar – Quando o húmus é diluído na água pode ser usado como um tipo de adubo foliar suave que ajuda a prevenir o surgimento de diversas pragas.

Húmus – Adubo Natural

O húmus se destaca por ser um bom fertilizante natural o que é um grande diferencial hoje em dia que todos os produtos utilizados no cultivo de plantas estão tão industrializados. Utilizar esse composto pode ajudar a fazer com que as suas plantas cresçam com mais vigor e saúde e o melhor de tudo sem usar nenhum produto químico. Sendo assim é possível cultivar as suas plantas com muito mais qualidade usando húmus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>