Agricultura na Amazônia

Por ser uma região já conhecida em grandes áreas desmatadas a Amazônia sofre grandes implicações em sua agricultura, principalmente no que diz respeito ao abastecimento da população local. Atividade de extrema importância para a sobrevivência das comunidades, a agricultura chega a ser 80% da fonte de economia produzida.

Os pequenos e médios agricultores usufruem do clima amazônico para cultivo essencialmente do milho, trigo, arroz, mandioca, feijão, algodão e frutas, que são fonte de alimentação na região; essas mesmas atividades ainda problema devido à usura do espaço da floresta para suas plantações.

Amazonia

Questões Agricolas

Os problemas ambientais e a não resolução dos mesmos é parte de intensas discussões ecológicas que cercam hoje o território amazônico. A principal questão está na preservação da área em quase 90%, deixando mínimos espaços para o setor agrícola, muito importante para a manutenção de comunidades locais, às vezes até pertencentes a lugares muito distantes, dificultando a chegada de alimentos, roupas, etc.

A reprovação de muitos bancos e financiadoras contribuem ainda mais para a diminuição da prática agrícola, cercando-os os pequenos agricultores a estabelecerem até atividades clandestinas para seu próprio sustento e da família; fazendo mais uma questão problema a ser inserida na região amazônica.

Desmatamento

Falta de Mecanização

A região da Amazônia não conta atualmente com tecnologias e suportes agrícolas para uma boa prática. A maioria dos agricultores mantém-se aptos ao cultivo e preparação a nível manual da terra, ou seja, são totalmente voltados a uma agricultura de base ainda remota, apenas para sustentabilidade.

Dados com esse mostram a realidade de falta de mecanização nos campos do Amazonas, especialmente no cultivo de algodão, no qual o uso de máquinas colhedoras facilitaria ainda mais a elevação da economia de um estado tão pouco estável no mercado financeiro. Fato esse é segundo especialistas e engenheiros florestais mais um problema para a elevação do desmatamento; contudo até mesmo os agricultores visam essa economia mais tecnológica, para também maior produção. Para eles os responsáveis absolutamente são os exploradores da floresta, que só querem desmatar e não produzir mais.

Agricultura

Agricultura Tradicional

Mesmo ocupando espaço pouco significativo a agricultura amazônica ainda é um meio de tradição, principalmente pelas comunidades indígenas que faziam já uso do cultivo e colheitas de frutas, legumes e verduras para a alimentação. Um dos alimentos mais conhecidos nas plantações da Amazônia é a mandioca, que dá origem as demais produções de farinhas, e outros condimentos. A rica e vasta plantação de açaí é o diferencial de outras regiões, fruta muito procurada principalmente no estado de São Paulo.

Após esses alimentos já tradicionais, tem-se uma grande preservação com o cultivo das castanhas, do guaraná, arroz, milho, algodão, madeira e borracha; essa última uma agricultura manual feita a partir da retirada do látex, produzido pelas seringueiras.

Posts Relacionados

Conheça melhor o complexo regional da Amazônia e suas características. Saiba como acontece a produção de biocarvão na Amazônia e quais são as suas vantagens. Entenda como o extrativismo na Amazônia pode prejudicar o meio ambiente como um todo.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Agricultura

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • É MUITO BOMMMMM ESSE CONTEÚDO VEIO

    YURE RATO 24 de setembro de 2011 12:29
  • coisas da floresta amazonica vcs pode me responde porfavor espera por suas respo muito obrigada

    leticia 15 de Maio de 2012 13:34
  • muito obrigado me ajudou muito este sit esta de parabéns amei S2

    yasmin 9 de agosto de 2012 1:03
  • e muito bacana gostei e demais

    etsefane sampaio 5 de setembro de 2012 14:59
  • eu norava no permanbuco é Agora eu no á qui no estado do pará
    é eu gosto muiiito dA qui do paráaá vc venha conheser aqui
    SANTA LUZIA DO PARÁ

    Ana Carolina Alves De Lima 12 de setembro de 2012 15:57
  • quem criou esse site é um(a) burro(a) isso que é tirei um dois e meio, fui reprovada ta

    carolina 22 de setembro de 2012 18:14
  • muito bom este site me ajundou no trabalho de geografia rsrs 🙂

    vitorinogato@gmail.com 24 de setembro de 2013 13:37
  • me ajudou muito a fazer meu trabalho de aula <3

    eduarda da silva lima 13 de novembro de 2013 14:52
  • adorei o conteudo desse site, utimamente me to apaixonado por assuntos amozonicos, gotaria de me aprofundar cada vez mais, madem conteudo p meu endereço eletrônico… bjo!

    eliezer martins 9 de dezembro de 2013 21:27
  • O conteúdo é bom e o autor está de parabéns. Porém, algumas colocações afirmadas não condiz com a verdade e eu no papel de estudante de Agronomia e habitante da Região Amazônica não poderia deixar passar. Sou paraense, e nas minhas muitas andanças por essa região conheci várias propriedades em que praticam uma agricultura intensiva de proporções gigantescas, com uso de maquinários dos mais sofisticados, com mega sistemas de irrigação (com direito a uma que tinha dois pivôs centrais em que um está valendo milhões de reais). Falta mecanização. Isso falta mesmo, mas não para todos os produtores, mas sim para os pequenos, agricultores familiares, entre outros, mas isso se repete em todo mundo. Portanto, mas cuidado nas suas colocações porque internautas lerão suas postagens e os menos informados acreditarão no que disseres, assim como essa cidadã Carolina que não estudou na escola e deixou pra estudar na internet e acabou se ferrando. Sei que tratar desse assunto é difícil, então bons estudos.

    Thomaz Guimarães 12 de Fevereiro de 2014 1:34
  • Thomas Guimirães disso tudo ,isso porque eles focaram no Amazonas, mas não sabem que no Pará, Rondônia e Tocantins tem agricultura em alto nível, com mecanização e alta tecnologia, claro que não são todos e nem muitos agricultores, mas já é uma atividade em ascensão e em número significativo principalmente no Tocantins e Rondônia.

    Daniel Assis 16 de Maio de 2016 5:12

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *