Fauna da Mata Atlântica

A Mata Atlântica possui uma vasta quantidade de animais devido às condições de vida proporcionadas pelo clima e também pelos grandes habitats naturais formados por suas plantas e árvores. Entre os mamíferos, aves, anfíbios, répteis e peixes podemos encontrar milhares de espécies, algumas mais variadas do que outras, mas todas em quantidade interessante. Um fato triste ligado a grande quantidade de animais da mata atlântica é o comércio ilegal de algumas espécies, levando algumas delas até mesmo à extinção.

Fauna da Mata Atlântica

Fauna da Mata Atlântica

Animais da Mata Atlântica

  • Anta
  • Arara-azul-pequena
  • Bugio
  • Capivara
  • Jaguatirica
  • Mico-leão-dourado
  • Muriqui
  • Onça Pintada
  • Tamanduá bandeira
  • Tatu-canastra

Aves da Mata Atlântica

Aves

Aves

A Mata Atlântica tem uma espetacular diversidade de aves, com mais de 930 espécies, cerca de 15 por cento não são encontrados em nenhum outro lugar. Muitas espécies estão ameaçadas, e pelo menos uma já foi extinta na natureza, que é o mutum Alagoas (Crax mitu). A espécie foi encontrada pela última vez na natureza em 1987 e agora existe apenas em uma pequena população criada em cativeiro no Rio de Janeiro.

Mamíferos da Mata Atlântica

Mamíferos

Mamíferos

Mais de 70 mamíferos, de um total de mais de 260 espécies, são endêmicas da Mata Atlântica. Uma espécie endêmica particularmente notável é o rato arborícola brasileiro, um dos mais raros dos mamíferos sul-americanos. Originalmente descrita a partir de um único espécime coletado no estado do Rio de Janeiro no século 19, um segundo espécime só recentemente foi descoberto em Viçosa, em Minas Gerais.

Répteis da Mata Atlântica

Répteis

Répteis

Das mais de 300 répteis espécies que são encontradas na Mata Atlântica, há cerca de 95 espécies e oito gêneros que são endêmicos. Cerca de metade das cerca de 20 espécies de serpentes do gênero bothrops são endêmicas.

Répteis ameaçados na região incluem a Jararaca-ilhoa, endêmica da Ilha da Queimada largo da costa de São Paulo, o Cágado Pescoço de Cobra dos estados do Espírito Santo, Minas Gerais, do Rio de Janeiro e São Paulo, e cágado-do-paraíba, que varia de bacia do Rio Itapemirim para a bacia do Rio Paraíba, no sudeste do Brasil.

Anfíbios da Mata Atlântica

Anfíbios

Anfíbios

A diversidade de anfíbios é muito grande, com mais de 450 espécies registradas, mais da metade são endêmicas. Exemplos de muitas espécies ameaçadas neste local incluem três que estão criticamente em perigo: Phyllomedusa ayeaye, de Poços de Caldas, no estado de Minas Gerais; Scinax alcatraz, da Ilha de Alcatrazes, no estado de São Paulo; e Hyla cymbalum, do Rio Grande da Serra, no estado de São Paulo.

Peixes da Mata Atlântica

Peixes

Peixes

Há pelo menos 350 peixes conhecidos de córregos e lagos da Mata Atlântica. Um total de 133 espécies e 10 dos 68 gêneros são endêmicos.

Imagens da Fauna da Mata Atlântica

Posts Relacionados

Saiba quais são as espécies de flores da Mata Atlântica e quais se encontram como risco de extinção. Veja o que é necessário que seja feito para a preservação da Mata Atlântica e o que cada um de nós fazer fazer. Entenda como o desmatamento na Mata Atlântica pode atingir todo o mundo.

7 comentários

  1. Maria Aparecida Vieira Lisboa

    Oi! Uma vez, eu fiz uma viagem, eu estava num lugar muito alto, eu gritava, alguém pode me ouvir,eu vou gritar…precisa preservar nosso Meio Ambiente, essa é a minha riqueza .U grande abraço

  2. eu Gritei ate ficar roca conserve o meio ambiente Muito Obrigado o meio ambiente e bom para nos

  3. eu gosteiu muito de ver os animais só que nao mostrava o mon e….

  4. n aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaao magina

  5. oi eu gosto muito de animais por isso eu tenho na minha casa muitos cachorro
    eu fui em rondonia e eu vi la um macaco narigudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>