Manejo de Recursos Naturais

O Que São os Recursos Naturais?

Recursos naturais são elementos da natureza que são úteis ao ser humano no processo de desenvolvimento da civilização, sobrevivência e conforto da sociedade em geral. Amiúde são qualificados como recursos renováveis e não renováveis, quando se tem em conta o tempo necessário para que se dê a sua reposição. Podem ser renováveis, como a energia do sol e do vento. Já a água, o solo e as árvores que estão sendo avaliados como limitados, são chamados de potencialmente renováveis. E ainda tem os não renováveis, como o petróleo e minérios em geral.

Meio Ambiente

Meio Ambiente

Recurso natural é qualquer insumo de que os organismos, as populações e os ecossistemas necessitam para sua manutenção. Portanto, recurso natural é algo útil. Há uma implicação entre recursos naturais e tecnologia, uma vez que há a necessidade da existência de processo tecnológico para emprego de um recurso.

Se, por um lado, os recursos naturais ocorrem e disseminam-se segundo uma combinação de processos naturais, por outro, sua apropriação ocorre segundo valores humanos. Além da demanda, da ocorrência e de meios técnicos, a apropriação dos recursos naturais pode depender também de questões geopolíticas, sobretudo, quando se caracterizam como estratégicos, envolvendo disputa entre povos.

Estes assuntos são estudados em disciplinas de alguns cursos como Engenharia Ambiental ou de Tecnólogo em Gestão Ambiental. Devido aos grandes problemas que envolvem o saneamento básico e os recursos hídricos, muitas disciplinas dos cursos de Gestão Ambiental são comuns aos cursos de Engenharia Sanitária, Engenharia Hidráulica e Geografia.

O Que é Manejo?

Manejo é o ato de manejar, de servir-se de: o manejo de um instrumento. Manejo em relação aos recursos naturais é a ação de conjugar as atividades manuais com a tecnologia avançada, com o objetivo de definir ou traçar decisões a serem tomadas em um sistema de produção agropecuário, tirando bom usufruto do ecossistema, sem agredi-lo, sem deixar extinguir o que a natureza proporciona e saber conversar e cuidar.

A conceituação de manejo natural está associada, inicialmente, aos determinantes do desenvolvimento em bases sustentáveis que são: promover o capital natural, o capital humano e institucional e ser objeto de análise econômica. Nesse aspecto, não se descarta a análise de custos e benefícios, apesar de suas limitações, como instrumento fundamental na tomada de decisões visando à proteção ambiental. O manejo de recursos naturais tem sido utilizado como uma importante ferramenta para a conservação das espécies. Assim, o manejo de todo e qualquer recurso natural deve englobar um conjunto de procedimentos e técnicas que assegurem:

  1. A permanente capacidade de a floresta oferecer produtos e serviços, diretos e indiretos.
  2. A capacidade de regeneração natural.
  3. A capacidade de manutenção da biodiversidade.
  4. Capacidade de sustentabilidade
  5. Estimular a melhoria do manejo dos agroecossistemas, visando o uso sustentável do solo, a redução do desmatamento e o aumento de agrobiodiversidade;
  6. Estimular a diversificação produtiva como estímulo à segurança alimentar e geração de renda;
  7. Apoiar a organização dos produtores para a comercialização;
  8. Estimular a conscientização ambiental e cidadã. 

Existem muitos prós e contras em relação ao manejo de recursos naturais. Entretanto muito tem se argumentado que quando bem planejado e executado por profissionais capacitados pode-se obter excelentes resultados com o manejo dos recursos naturais.

Muitas espécies têm sido reintroduzidas na natureza graças à execução de práticas adequadas de manejo dos recursos naturais. Um exemplo disso tem sido a reintrodução de castores no Canadá, do Íbex na Península Arábica e de diversas espécies de aves no Brasil.

Atualmente, o manejo dos recursos naturais tem recebido muita atenção, principalmente por parte de organizações ambientalistas, devido principalmente ao avançado estado de degradação ambiental.

Natureza

Natureza

 Algumas Linhas de Atuação

  • Manejo de pequenos animais de criação: a criação de pequenos animais funciona como complementação econômica e alimentar. O Programa de Manejo de Agroecossistemas (PMA) realiza capacitações direcionadas para a melhoria dos cuidados e da produtividade dos sistemas de criação. Alimentação, estrutura, fornecimento de água e manejo sanitário foram os temas identificados, a partir do diagnóstico do manejo tradicional, como as principais fragilidades desses sistemas;
  • Sistemas Agroflorestais (SAF’s): os sistemas agroflorestais são realizados de forma tradicional pelas famílias ribeirinhas e utilizados como complementação econômica e alimentar para as famílias e suas criações. O PMA busca conhecer o manejo tradicional e propor melhorias na sustentabilidade e produtividade desses sistemas;
  • Pecuária: a criação familiar de gado bovino e bubalino é uma realidade, especialmente na Reserva Amanã. A fim de acompanhar e assessorar a atividade, o PMA realiza diagnósticos de criadores, rebanho e pastos e sanidade animal. Ademais, capacita para o manejo sanitário, para o controle do rebanho e promove a experimentação pecuária agroecológica;
  • Apoio à organização para comercialização: visa o estímulo para estruturação e fortalecimento de grupos de agricultores das Reservas de Desenvolvimento Sustentável, buscando a melhoria do processo de comercialização de produtos agrícolas;
  • Manejo e criação de abelhas sem ferrão: a promoção do manejo de abelhas sem ferrão (meliponicultura) visa à diversificação produtiva, a segurança alimentar e a conservação de abelhas nativas e seus serviços ecológicos. Através da capacitação, o produtor passa a dominar todas as etapas do manejo, desde a construção de caixas padronizadas, o processo de captura da colmeia e transferência para a caixa até a multiplicação de colmeias e a extração de mel; recebendo também esclarecimentos teóricos sobre a função das abelhas na polinização e produção de frutos. Além das capacitações, o PMA realiza assessorias mensais, intercâmbios e experimentações buscando refinar o manejo conforme a espécie de abelha manejada.

Diante a parceria do Programa de Manejo de Agroecossistemas (PMA) com famílias ribeirinhas, onde foram implantados técnicas de manejo dos recursos naturais, pode-se observar as seguintes melhorias:

 Articulação de produtores para comercialização;

  1.  Apoio na realização de Feiras Agroecológicas bianuais;
  2.  Melhoria do manejo sanitário de cultivos e criações;
  3.  Introdução e incorporação de novas atividades como complemento de renda doméstica e complementação alimentar;
  4.  Construção e incorporação de práticas de manejo que garantem o uso sustentado dos recursos;
  5.  Estabelecimento de redes com outras organizações da Amazônia.

Com o atual cenário de degradação e depreciação do meio ambiente, o PMA tem conseguido reverter muitas tragédias ambientais em verdadeiras comunidades focadas, com o intuito de tirar proveito sustentável do solo, das águas, das árvores e dos animais, revertendo, no final, todo benefício para o próprio povo, ensinando-os a preservar e como tirar o proveito do que a natureza oferece, sem agredi-la. 

Posts Relacionados

Veja alguns exemplos de recursos naturais e suas características. Entenda qual é a importância dos recursos naturais para o meio ambiente e como a poluição ambiental pode atingi-los.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Natureza

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • que maravilha

    eduarda quedes 1 de Abril de 2013 19:00
  • legal1

    eduarda 1 de Abril de 2013 19:27

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *