Energia da Biomassa

Energia da Biomassa, também chamada de Bioenergia está crescendo rapidamente em todo o mundo. Como se percebe pelo nome, energia da biomassa é a energia gerada a partir de material vegetal. A biomassa pode ser transformada em energia por meio de quatro maneiras: combustão, gaseificação, fermentação ou produção de substâncias líquidas.

Eolica

Energia Durável e Renovável

A Bioenergia é considerada durável e renovável.

  • Durável desde que esteja garantido o ciclo, isto é, se somente utilizar não se torna durável, mas deve-se usar e replantar, por exemplo.
  • Renovável quando se diz que toda energia obtida da biomassa veio do aproveitamento da energia solar por meio de processos biológicos, assim, se essa energia não for utilizada por humanos acabará retornando ao ambiente.

Importância

  • Disponibiliza energia para os séculos que estão por vir;
  • Pode contribuir na redução de gás carbônico na atmosfera, resultando na redução do efeito estufa;
  • O lixo pode tornar-se útil, ao invés de ser um fardo;
  • Economicamente é mais interessante que outras fontes renováveis de energia;
  • Pode gerar tanto combustíveis sólidos quanto líquidos, além de poder usar parte da tecnologia criada para combustíveis fósseis;
  • Reduz a importação de energia, uma vez que a biomassa é quase sempre local.

1. Combustão

A combustão da biomassa libera calor e este pode gerar eletricidade. Assim, três pontos importantes sobre a combustão de biomassa são:

  • Co-produção de eletricidade em usinas de carvão;
  • Combustão de madeira para gerar eletricidade e calor, e ambos são úteis nas indústrias de madeira;
  • Combustão é a técnica mais desenvolvida, a biomassa já é co-consumida em diversas usinas de carvão nos EUA e lá, as usinas de calor também estão iniciando o processo de utilização de combustão de biomassa.

Solar

2. Gaseificação

O ato de converter a biomassa em combustível gasoso é chamado de Gaseificação. Os produtos mais utilizados neste processo são hidrogênio e monóxido de carbono. Servem tanto na geração energia quanto para a indústria química. Porém, a maioria das técnicas de gaseificação está em estudo e desenvolvimento, não passando ainda para a fase de utilização.

3. Fermentação

É a desintegração da biomassa para formar uma mistura de metano e dióxido de carbono. A desintegração é feita por uma bactéria anaeróbica. Esse biogás é utilizado para gerar eletricidade. As indústrias aplicam o processo de fermentação em seus lixos e esgoto para purificá-los. Esse gás ainda pode conseguir atingir o mesmo estágio e qualidade do gás natural, podendo ser utilizado em diversas coisas.

4. Produção de Substâncias Líquidas

Conversão biológica e conversão térmica são duas maneiras de produzir substâncias líquidas a partir da biomassa.

Energia da Biomassa

Conversão Biológica: Dois exemplos:

  • Açúcar de cana e de beterraba passam pelo processo de conversão biológica e se transformam em etanol, através da ação de bactérias.
  • Ao pressionar sementes pode-se obter produtos com grande quantidade de energia, como o biodiesel.

Conversão Térmica: A biomassa é decomposta na ausência de oxigênio sob uma temperatura elevada.

Samuel Castro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>