Situação Atual do Desmatamento no Brasil

O mundo assiste, há milhares de anos, a destruição das suas florestas e parece que finalmente tamanho descaso está tendo consequências. Para se ter uma ideia da situação há 10 mil anos 55% do planeta Terra eram cobertos por florestas. Mensurando isso seriam cerca de 70 milhões de quilômetros quadrados, desses restam apenas 20 milhões atualmente.

Desmatamento no Brasil

Desmatamento no Brasil

As florestas representam cerca de 32% dos continentes e uma pesquisa recente detectou que depois da Ásia a América Latina é o continente que mais empreendeu destruição em suas florestas. A área que foi desmatada nesse continente é quase equivalente ao tamanho da Floresta Amazônica.

O Brasil é um dos seis países do mundo que mais contribuíram para o desmatamento. Junto com a Indonésia, Bolívia, Venezuela, Congo e Malásia, o Brasil ajudou a desmatar cerca de 58% do total de área de floresta que sumiu nos últimos anos.

Brasil, Um Perdedor de Florestas

O Brasil é o país que mais perde florestas em todo o planeta por ano, isso contribui para que nosso país tenha o título de campeão em área anual desmatada. De acordo com dados de um satélite de observação o Brasil tem uma taxa anual de perda de floresta em torno de 15 mil km2.

A situação mais grave é a que diz respeito a Mata Atlântica que já tem cerca de 93% da sua cobertura original desmatada. Além disso, cerca de 30% do Cerrado e 15% da Floresta Amazônica estão irremediavelmente perdidos.

As florestas tropicais são as que mais sofrem na questão do desmatamento porque são o alvo predileto das queimadas e também da extração de madeira. Um dado alarmante é que entre 1960 e 1990 cerca de 1/5 das matas tropicais foi destruído, uma velocidade realmente assustadora.

Imagem de Amostra do You Tube

O Brasil no Cenário do Desmatamento Mundial

Um país que conta com grande parte das florestas do mundo só pode ser um dos mais observados no que diz respeito ao desmatamento. Em território nacional estão 17% das florestas nativas do mundo e ainda 34% das florestas tropicais.

Num espaço de apenas 3 anos foi devastada uma área de floresta tropical que é quase equivalente as áreas da Bélgica e Holanda somadas. Num comparativo podemos dizer que essa área desmatada é equivalente a 11% de tudo o que já derrubado na Flores Amazônica como um todo durante os últimos quatro séculos.

É exatamente porque no Brasil estão grande parte das florestas do mundo que mostra necessário uma maior observação e cuidado. A situação atual do desmatamento em nosso país é bastante grave, mas se continuar nesse ritmo será impossível dar um passo atrás.

O que torna a situação ainda mais grave é que nos últimos 5 anos se observou uma aceleração do ritmo de desmatamento. Pelo fato de que está havendo uma redução de florestas nativas no mundo países como o Brasil tem se tornado um verdadeiro pote de ouro para madeireiras estrangeiras, na grande maioria as asiáticas. 

As Madeireiras e a Lei

Se todas as madeireiras agissem dentro da lei e respeitassem os limites do que pode e não pode ser derrubado por ano haveria uma situação de equilíbrio. Porém, a maior parte das madeireiras não trabalha dentro da legislação. Isso faz com que a derrubada de árvores seja feita de qualquer forma sem prestação de contas e nenhuma preocupação ecológica.

O Ibama já admitiu que cerca de 80% do comércio de madeira no Brasil é minimente irregular. Dentre todas as causas do desmatamento certamente a ambição e a cobiça pela madeira, sem cuidados com a reposição das árvores, é a principal que arrasta o país para a situação atual.

Diga Não!

Diga Não!

A Devastação

Quando paramos para pensar a respeito da devastação pela qual o nosso planeta passa, em especial o Brasil, percebemos que é bem diferente da devastação dos bosques temperados europeus e norte-americanos alguns séculos atrás.

Mesmo que a devastação dos bosques temperados (assim como qualquer devastação) não tenha justificativa há que se considerar que os tempos eram outros. Não havia nesse tempo a “noção” de preservação que é tão apregoada hoje.

A vegetação do velho continente bem como a dos Estados Unidos foi derrubada para se pudesse utilizar o solo fértil que estava escondido embaixo dela para expandir as áreas urbanas e de indústrias. Porém, quando pensamos nessa fórmula voltada para as florestas industriais que estão sendo derrubadas sem dó e nem piedade percebemos que a mesma ideia não se encaixa.

Imagem de Amostra do You Tube

A Amazônia é o melhor exemplo disso, pois apenas 9% do solo tem aptidão para a agricultura, ou seja, após a derrubada da floresta não sobra nada. No restante da área da Amazônia a camada fértil do solo é bem pouco profunda e por isso não aguenta mais do que 5 anos de cultivo.

Além das madeireiras os fazendeiros de gado também têm contribuído bem seriamente para a situação atual do desmatamento em nosso país. Na busca por mais áreas livres para que o gabo possa pastar as árvores tem dado espaço para o capim.

A economia que faz o país girar é a mesma que está destruindo o meio ambiente e nos levando para uma situação caótica num futuro não tão distante. Sendo assim chegamos a triste conclusão de que o Brasil está sendo devastado apenas para o uso de sua madeira, criação de gado e que essas regiões dificilmente serão recuperadas.

Os Parques Nacionais

Observando a situação é natural que surja a pergunta de porque não existe uma política de preservação do meio ambiente. Na realidade essa política existe, mas se mostra de pouca eficiência.

A principal medida de controle do desmatamento é a criação dos chamados parques nacionais, porém, como podemos observar quase nenhum deles saiu do papel. O Brasil tem 36 parques nacionais “oficiais”, mas alguns desses nem mesmo tem área demarcada. Assim sendo trata-se de uma medida muito mais ilustrativa do que real.

O que se espera é que as leis de proteção que já existem sejam levadas a sério e realmente sirvam para proteger as áreas verdes do nosso país. O Brasil já deu alguns passos que não pode desfazer, mas ainda é tempo de evitar a queda final no abismo. Ajude a deter o desmatamento da forma que puder e salve as florestas. 

Posts Relacionados

Como vimos, as taxas de desmatamento no Brasil continuam altas e é preciso que todos colaborem para que ela reduza. A destruição das florestas traz problemas para toda a humanidade. É preciso que todos se unam para acabar com a exploração florestal de uma vez por todas.

2 comentários

  1. e horrivel o desmatamento no Brasil

  2. Poderia falar um pouco mais sobre as concequências mas está muito bom assim!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>