Relações Intraespecíficas Harmônicas: Qual Significado e Características Gerais?

Consiste no termo que especialistas usam no sentido de apontar as relações que acontece entre dois organismos que pertencem às espécies idênticas. Quanto à palavra “harmônica” existe no sentido de designar não haver formas de reveses biológicos para nenhum dos lados que participam do ato. Especialistas também podem usar a taxionomia “positiva” para designar ao mesmo tipo de atividade. Não se pode ignorar o fato de que também existem as relações negativas (desarmonia) na qual um ou ambas as espécies que participam da relação sofrem danos. Mutualismo, proto-cooperação, inquilinismo e comensalismo são tipos básicos de relações intraespecíficas harmônicas.

Relações Intraespecíficas Harmônicas: Qual Significado e Características Gerais?

Relações Intraespecíficas Harmônicas: Qual Significado e Características Gerais?

Disputa Dos Recursos

No mundo animal existem famílias de espécies que apreciam viver em bando, junto com outros indivíduos de família idêntica no sentido de aumentar o nível de defesa contra os principais predadores. Duas unidades do mesmo grupo podem disputar de forma direta por alimento, o que pode faz a harmonia modificar para as relações desarmônicas. Porém, há momento em que as espécies se ajudam de forma mútua para fazer a caça ou se proteger, o que em termos biológico pode ser intitulado como mutualismo, ou conjuntos cooperativos que funcionam sob a ótica interna e específica.

Disputa Dos Recursos

Disputa Dos Recursos

Cooperação Intraespecífica Harmônica: Características Gerais

Especialistas em biologia e fauna apontam que a colônia consiste em exemplo clássico do tipo de relação intraespecífica que acontece com harmonia em grande parte da rotina entre os habitantes. Por vezes podem existir disputas internas por conta do alimento ou para liderar o conjunto de animais de mesmo gênero que formam longas famílias. Existem espécies que conseguem trabalhar ao ponto de delegar trabalho para cada membro, desde busca até a caça por alimentos. Cada organismo tem papel vital para a sobrevivência do grupo.

Heteromorfas: Consiste no termo que entre em uso no mundo da biologia para classificar os indivíduos da mesma colônia que possuem trabalhos distintos e que trabalham com base na hierarquia. Existem exemplos de corais que dividem o trabalho também entre membros que se designam ao objetivo do alimento. No caso de grande parte das algas existe a presença marcante de espécies que possuem códigos DNA semelhantes.

Seres Humanos: Relações Intraespecíficas Harmônicas

Não se pode ignorar fato de que seres humanos também possuem relações intraespecíficas harmônicas. Em termos antigos a harmonia entre nações não era explícita e o mundo se encontrava em constante guerra. Nos dias de hoje as batalhas ainda existem, mas há imagem em termos de ética e moral global que a paz consiste no melhor caminho. Sociedades possuem sistemas comunicativos que servem para ajudar, desde informar endereço correto aos indivíduos que estão perdidos como também para ensinar aos alunos conhecimentos práticos ou teóricos sobre assuntos diversos.

Imagem de Amostra do You Tube

Seres humanos funcionam de forma independente e podem formar novas famílias longe da terra natal ou dos familiares por parte de criação. Existem insetos que possuem características semelhantes aos seres humanos no que tange ao padrão de organização e formas de se comunicar.

Nesse sentido se pode considerar que enquanto a relação intraespecífica com harmonia objetiva a ajuda do coletivo, as desarmônicas têm o objetivo de atacar membro do próprio grupo em beneficio próprio. Entre os destaques no que tange aos insetos de pode considerar a abelha como grande exemplo de relação harmônica entre indivíduos da mesma espécie. Porém, a abelha-rainha tem o direito de quebrar a regra ao assassinar os machos depois de relação para procriar. Ou seja, entre espécies do gênero os atos cooperativos apenas acontecem entre fêmeas.

Diferença Com Relações Intraespecíficas Desarmônicas

Como o próprio nome diz e ao contrário do que acontece nos fatos harmônicos existe a desarmonia em relação aos membros de forma principal por conta de disputa dos habitats, alimentos ou recursos naturais. Pode acontecer entre membros da mesma família ou não. Na maioria dos casos não existe oferta das necessidades para a grande parte dos predadores, o que pode gerar conflitos no bioma. O nível de desarmonia no meio ambiente consiste no índice principal que se leva em conta no sentido de designar o número de habitantes que existe na colônia ou sociedade.

Existem locais nos quais a migração de espécies que não voam pode prejudicar, como o ecossistema que existem em ilhas, por exemplo. Quanto maior esse tipo de problema menos chances há de ter alimentação disponível aos diferentes tipos de animais que residem no local. Não se pode ignorar o fato de que indivíduos com maior idade e menos força trazem chances de morrer por não conseguir competir a conquistar alimento, fontes para matar a sede ou habitats para sobreviver e garantir aposentadoria tranquila.

Interessante notar que o nível máximo da relação intraespecífica entre as espécies está no ato de ser canibal, prática abolida em grande parte do mundo, embora ainda existam índios em território amazonense (não apenas Brasil como Venezuela) e aborígenes da Oceania que realizam a prática entre membros de diferentes tribos como forma de demonstrar a supremacia ou de ganhar os poderes que existe no ser normal ou mágico.

Existem momentos de desespero nos quais espécies que não estão acostumadas ao canibalismo precisam fazer para sobreviver. Como nos casos de quedas dos aviões em locais isolados que não possuem alimento e os seres humanos precisam comer a carne dos mortos para poder ter proteína ao ponto de sobreviver.

Imagem de Amostra do You Tube

No mundo dos insetos a abelha rainha faz a relação para depois se alimentar do zangão. Espécies de aranhas (que não são insetos, mas aracnídeos) também tem o costume de se alimentar com a parte superior dos machos depois de se reproduzir. O mundo animal está repleto de exemplos dos gêneros. Há inclusive casos nos quais leões devoram a cabeça de filhotes da mesma espécie, mas de outro grupo encontrado no caminho, como forma de demonstrar a supremacia e domínio no novo reino.

Conclusão: Em termos conclusivos se considera a relação entre dois organismos que pertencem às espécies idênticas. Quanto à palavra “harmônica” existe no sentido de designar não haver formas de reveses biológicos para nenhum dos lados que participam do ato. Tem o objetivo de proteger o grupo contra ataques de predadores que estão em posição superior na pirâmide da cadeia alimentar.

Artigo Escrito por Renato Duarte Plantier

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>