Principais Lagos da América Central

A América é um dos principais continentes do planeta Terra, isso por que concentra os expoentes da economia mundial, tendo destaque, principalmente, os Estados Unidos da América que, atualmente, pode ser considerado como o centro mundial, já que, a partir de lá, saem referências para tudo quanto é tipo de coisa, desde econômica, militar, até o entretenimento. Ou seja, quando se fala em “ocidentalização” de algum lugar, pode ter certeza que esse processo é feito baseada na cultura estadunidense.

Mas não é somente os EUA que possui um papel fundamental no protagonismo da América perante o restante do mundo. Outros países também mostram a sua importância para o cenário mundial, por conta de vários aspectos como os recursos naturais, minerais, estâncias turísticas, enfim. O Brasil, por exemplo, é um desses países, que, além de ter uma forte economia (apesar de passar por uma recessão nos últimos anos), possuí diversos recursos naturais (como hídricos e naturais) além de ter várias estâncias turísticas, como o Rio de Janeiro, o Nordeste Brasileiro, O Sul, enfim. São vários lugares com locais para visitação tanto naturais quanto artificiais, que atiçam visitantes do mundo inteiro.

No entanto, também não se pode esquecer de outros lugares que estão presentes na América que também possuem diversos atrativos, como os países que estão incrustados na América Central, que são bastante conhecidos pelas suas praias e, também, lagos, que serão o tema desse artigo. Aqui será falado um pouco sobre alguns lagos pertencentes à América Central, bem como algumas curiosidades acerca do assunto. Confira:

Os Lagos Da América Central

Os lagos são formações hídricas que se formam na superfície do planeta, precisando de alguma ligação com algum rio ou afluente para poder se manter. E, no mundo, existem diversas dessas formações, como, por exemplo, o Mar Morto, que, embora tenha “mar” no nome, é considerado um lago gigante que, aos poucos, está secando, podendo desaparecer antes de 2030.

Nos EUA, os Grandes Lagos são o sistema de lagos mais importantes da América do Norte, por conta da sua extensão. São tão grandes que chegam a estar presentes em dois países: entre os EUA e o Canadá. São cinco grandes lagos, sendo que um deles está localizado inteiramente dentro dos Estados Unidos.

No Brasil, um dos lagos mais conhecidos é o Lago de Furnas, que está localizado na parte sul do estado de Minas Gerais, que possui 4400 km², e é responsável por proferir água para o funcionamento da hidrelétrica de Furnas. Ou seja, como pode ser deduzido, tal lago foi uma construção artificial.

A América Central é bastante conhecida por conta de suas ilhas, que são consideradas paradisíacas, bem como as suas praias, com uma beleza estonteante. Essa área é conhecida por Caribe, um complexo com diversas ilhas e ilhotas, com praias e formações naturais de tirar o fôlego de qualquer pessoa. Confira, agora, os Lagos mais conhecidos na América Central:

Lago de Guija

O lago de Guija está localizado entre os países da Guatemala e El Salvador, tendo uma extensão estimada em mais de quarenta quilômetros quadrados, e uma altura em relação ao nível do mar de 430 metros.

Lago de Ilopango

Este lago está localizado entre San Salvador e Cuscatlán, sendo que tal lago é o maior existente em El Salvador, sendo bastante propício para a prática de esportes do tipo vela, windsurf, entre muitos outros. Esse lago foi formado por conta da atividade vulcânica da região.

Lago de Coatepeque

Assim como o lago de Ilopango, Coatepeque também tem formação vulcânica, estando localizado no distrito de Santa Ana. Em relação ao mar, sua altitude é de 745 metros, tendo uma área equivalente à 25,3 quilômetros quadrados, além de uma profundidade estimada de 115 metros.

Lago Atitlan

Localizado na Guatemala, o lago de Atitlan é considerado o mais importante para o país, por conta de sua grande importância como atração turística, além de ser uma das fontes mais importantes de economia do país, sendo que, a formação geológica proporcionada pelo lago também se destaca como sendo o mais importante da Guatemala.

Lago de Izabal

O lago de Izabal é considerado o maior lago da Guatemala, embora não tenha uma importância significativa como o Atitlan. Ajudado pelo lago Golfete Dulce, Izabal consegue drenar suas águas para o Mar do Caribe.

Lago Petén Itzá

Está localizado no distrito de Péten, possuindo uma área de 99 quilômetros quadrados, sendo o terceiro maior lago da Guatemala. Segundo estimativas, pode chegar a uma profundidade máxima de 166 metros, além de estar 110 metros acima do nível do mar.

Lago Gatun

Localizado no Panamá, esse é um dos lagos mais importantes para a atividade econômica do país, pois, é por meio dele, que as embarcações têm acesso ao famoso “Canal do Panamá”, que é um canal hídrico artificial, que foi aberto para que se pudesse realizar uma ligação entre o Oceano Atlântico com o Oceano Pacífico, a fim de se tornar mais fácil o escoamento da produção tanto asiática quando americana e europeia. Tem uma área estimada em 426 quilômetros quadrados, sendo que sua altitude em relação ao nível do mar é baixa, tendo aproximadamente 26 metros.

Lago de Cachí

Localizado na Costa Rica, é um lago de pequeno porte, tendo apenas 3,24 quilômetros quadrados, estando localizado no centro do país. O local onde ele está incrustado têm uma grande incidência de chuvas, com um nível de precipitação anual que beira entre 1200 e 8000 milímetros.

Lago Artificial de Apanas

Localizado na Nicarágua, apesar de ter sido construído pelo homem, é bastante reconhecido por conta da fauna presente em suas águas, nos quais se pode citar as simpáticas lontras, sapos anões, marsôes e tartuzas do tipo aquática.  Além de toda essa riqueza biológica, o lago tem uma forte influência na economia da Nicarágua, já que é uma fonte de eletricidade para o país.

Em todos esses lagos, geralmente, se desenvolvem atividades econômicas, que vão desde o turismo a, até mesmo, a prática da cultura de peixes e, também, para a geração de energia, sendo que a maioria dos lagos artificiais são criados para esse último fim, sendo, os demais, consequências deste.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Natureza

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *