Xarope de Bordo: Onde Encontrar?

Todo mundo quando assiste filmes americanos sempre vê eles colocando uma calda em Waffles ou panquecas, essa calda com aparência parecida com o mel é o xarope de bordo, que pode ser natural e somente para alimentos existe também o artificial( milho, água, açúcar e um pouco do puro). Já que para outras propriedades é necessário que seja o puro e mais concentrada.

O xarope de bordo ficou realmente conhecido atualmente por pesquisas que mostram que ele apresenta não somente propriedades para adoçar, mas também medicinais. Este xarope é feito de uma seiva de árvore e é utilizado desde as primeiras civilizações da américa do Norte- lugar onde a encontra em maior quantidade.

O Que É?

O xarope é produzido através da seiva encontrada dentro da árvore mais famosa do Canadá, a Bordo Canadense, do gênero Acer. A árvore é símbolo do país ,que enche o suas ruas do tom alaranjado quando chega o outono e se tornou muito importante para seus moradores.

O interessante dessa árvore é que ela possui diversos gêneros, mais de 120 para ser mais exata,  que nascem em diversos lugares do mundo, como na Ásia e Europa, porém apenas duas espécies podem ser utilizadas para produzirem o xarope com as peculiaridades medicinais procuradas, que são encontradas somente no Hemisfério Norte, chamadas de Acer nigrum e Acer saccharum.  Normalmente o xarope de bordo encontrado em embalagens de vidro, isso vem da tradição dos primeiros produtores do xarope.

Propriedades

Os primeiros homens que habitaram a região do Canadá e EUA logo descobriram o poder adoçante da utilizam da seiva da árvore.  Com essa utilização, foi percebido algumas propriedades medicinais, que só ficaram reconhecidas quando os colonizadores chegaram e tentaram melhorar o processo de fabricação e acelerá-lo . A seiva do Bordo possui muitas vitaminas (A,B,B1), aminoácidos, minerais( cálcio e outros) e açúcares (glicose). Já a casca e as folhas da árvore possuem algumas especialidades contra câncer, bactérias e diabéticas.

Benefícios

Para quem consome o xarope diariamente consegue absorver diversos benefícios. Os principais deles atuam devido aos sais minerais e são eles:

  • Antioxidante: devido a presença de zinco, ajuda a manter as células jovens e sem nenhuma doença.
  • Enzimas positivas: graças ao manganês, são produzidas enzimas para melhor funcionalidade do corpo;
  • Problemas com próstata: ajudando a saúde masculina para aqueles que precisam.
  • O coração: com a ajuda do potássio, estabiliza e mantem em equilíbrio o coração. O potássio ajuda também em outras células mantendo-as em bom estado.
  • Ossos e músculos: devido a presença de cálcio, o xarope ajuda a manter o ossos e músculos em bons níveis desse nutriente tão necessário.
  • Nervos e outros tecidos: Por possuir magnésio, ajuda na ativação de proteínas e energia para contribuir no metabolismo e nos processos bioquímicos do corpo.

Na universidade de Rhode Island fez uma pesquisa sobre o xarope de bordo, a qual o professor Navindra Seeram encontrou 54 compostos diferentes no xarope, todos eles benéficos a saúde humana e classificados como polifenólicos.

Nessa pesquisa, foi possível identificar para qual doença o bordo seria mais eficiente, os estudos apontaram para diabetes tipo 2, por possui capacidade de proibir a transformação de  carboidrato em açúcar, já que a produção de açúcar em excesso assombra os diabéticos.

Como Utilizar?

Para as pessoas que desejam consumir diariamente, o xarope de bordo pode ser utilizado como calda em panquecas, tortas e tortilhas para dar um gosto e aroma adocicado. Devido essa propriedade açucarada pode substituir mel em chás.  Outra opção é pra quem gosta de molhos agridoce para algum prato específico . Pode ser usado em qualquer prato doce, para sobremesas e cafés.

Como Fazer o Xarope?

O modo de fazer o xarope é antigo, vem  dos primeiros moradores da América do Norte que já conheciam as propriedades do bordo.

Para fazê-lo é necessário furar o tronco da árvore, de modo que fique inclinado e possa ser colocada algum tipo de funil ou caneca para receber a seiva quando ela escorrer. Recolhendo ela naturalmente para ser utilizada na produção, no período certo o bordo estará bem cheio da seiva, por isso é necessário não furar mais do que o necessário para não desperdiçar e não haver outros bichos e até mesmo fungos que poderão se aproveitar do buraco. Por isso é bom tampar ao retirar o suficiente para o xarope.

A seiva fica em maior quantidade e mais rica em açúcar, principalmente em períodos noturnos e frios (próximo  0ºC). Após serem armazenadas, a seiva deve ser fervida para que a concentração do xarope fica na medida certa. Por ano, a árvore resiste até uma certa quantidade de seiva retirada sem lhe causar dano, essa quantidade chega a cerca de 10 galões.

Como Encontrar?

Infelizmente no Brasil o xarope puro é bem difícil de se encontrar. Nos supermercados são encontrados normalmente os artificiais que servem apenas para dar gosto aos alimentos, porque todos os benefícios a saúde são cortados.

O verdadeiro pode ser encontrado a preços mais altos em lojas específicas de produtos naturais e em farmácias de manipulação e homeopatia dependendo do lugar. Isso ocorre pois existe alguns poucos produtores que tentam cultivar a árvore aqui no Brasil devido ao clima tropical e arvore necessitar de temperaturas baixar para produzir a seiva

Ou então pela internet para trazer diretamente do Hemisfério Norte, porém o frete é bem mais alto e nem sempre compensa.

Receita

Como o xarope é bem nutritivo e é capaz de substituir o açúcar,  ele é muito usado em dietas para emagrecimento e fortalecimento muscular. Porém o seu uso prevalece nas  receitas doces. Entre elas a mais utilizada é a em panqueca com o xarope:

Ingredientes:

  • 1,5 xicara de chá de farinha de trigo
  • 2 xicaras de chá de leite
  • 1 colher de chá de fermento
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • Manteiga para a frigideira
  • Xarope de bordo

Modo de Preparo :

  • Bater no liquidificador o leite, a farinha, o fermento e a manteiga;
  • Leve à geladeira por uma hora;
  • Pegue a frigideira e coloque a manteiga para não grudar;
  • Despeje um tanto suficiente para cobrir a frigideira;
  • Deixe dourar, e vire a panqueca;
  • Repita com toda a massa esse procedimento;
  • Coloque o xarope sobre as panquecas prontas.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Flora

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *