O Cultivo do Bacurizeiro

O Bacurizeiro é uma planta que possui o nome cientifico de Platonia Insignis. Ele é uma espécie de planta frutífera e madeireira que tem sua origem na região Amazônica brasileira, no estado do Pará. No entanto, O Bacurizeiro é uma planta que é encontrada e cresce de forma espontânea em todos os estados da região Norte de nosso país, no Maranhão, no Piauí e no Mato Grosso.

O Bacurizeiro também é encontrado em outros países como: Peru, Bolívia, Colômbia, Guianas e Equador.

O cultivo do Bacurizeiro assume grande importância econômica para as populações de alguns desses locais (por exemplo no estado do Piauí, onde encontramos uma série de produtos fabricados com o Bacuri – fruto do bacurizeiro, como por exemplo: sorvetes, compotas, geleias, tortas, doces, sucos e etc.).

http://www.youtube.com/watch?v=oXx-0IIAw6A

Características do Bacurizeiro

O Bacurizeiro é uma planta que pertence a família das Clusiaceae, ela é uma planta de grande porte, que pode atingir uma altura média de 25 metros. As plantas maiores chegam a atingir 40 metros de altura.

No Bacurizeiro, o tronco é retilíneo, possuindo 02 metros de diâmetro e apresenta uma copa aberta e bastante ampla, com o formato de um cone invertido.

As folhas do Bacurizeiro se caracterizam por serem simples e elípticas (possuem o formato de um circulo achatado) e apresentam a sua disposição opostas de maneira cruzada.

As flores do Bacurizeiro se caracterizam por serem hermafroditas, apresentando 05 (cinco) pétalas com coloração rósea bem intensa. As flores do Bacurizeiro podem apresentar alem da coloração rósea, as colorações creme (tendendo ao branco) e tonalidades entre o creme e rósea.

O Bacurizeiro se reproduz ou se multiplica de duas maneiras: por propagação de suas sementes e por brotos oriundos de suas raízes.

Na multiplicação por propagação das suas sementes, o Bacurizeiro, que produz suas sementes através do seu fruto (Bacuri), tem essas sementes espalhadas de maneira natural ou pela própria ação humana, para que essas sejam cultivadas e produzam um novo Bacurizeiro.

A multiplicação pela divisão de brotos oriundos das raízes do Bacurizeiro, consiste no fato da planta emitir um broto que cresce e forma um novo organismo, esse novo organismo é retirado do Bacurizeiro que lhe deu origem e plantado em outro local para que assim surja uma nova planta.

Bacuri – O Fruto do Bacurizeiro

O Bacurizeiro tem como fruto o Bacuri, que é um dos frutos da região amazônica – assim como o açaí, o cupuaçu, o guaraná – que ainda não é tão conhecido como os demais que foram citados.

O Bacuri é conhecido popularmente por: Ibá-curí, Bacori, Bacuri, Landirana, Maniballi, Narnajito, Pacuri, Pacuri-Uva, Uvas de Bacuri.

O Bacuri é um nome de origem indígena que significa – fruta que cai da arvore. Esse nome está relacionado ao fato do Bacurizeiro ser uma planta de grande porte e bastante alta (altura média de 25 metros), o que dificulta a realização da colheita do fruto na própria planta, o que faz com que se espere o amadurecimento e a queda da fruta da planta mãe de origem do fruto.

O Bacuri é um fruto do tipo bacáceo (semelhante a uma baga – fruto carnudo e simples), apresentando um formato arredondado, oval, piriforme ou achatado, apresentando 05 (cinco) sulcos na parte externa do fruto.

A parte externa do fruto (Epicarpo) possui uma pequena espessura, sendo frequente na coloração amarela, mas também é encontrado nas cores verde-amarelada, marrom-avermelhada e verde.

O Mesocarpo ou a polpa como é conhecia popularmente a parte interior do fruto, é espesso e apresenta uma consistência coriácea (semelhante ao couro e se quebra com grande facilidade).

A polpa é repleta de vasos lactíferos (vasos ou canais que secretam o látex – substância de aspecto leitoso com características antisséptica e cicatrizante, que evitam o apodrecimento da planta). Quando esses vasos do Bacurizeiro são cortados ou feridos, eles exalam uma substancia de coloração amarelada e reimosa.

O conjunto que é formado pelo epicarpo e mesocarpo, que é chamado de maneira popular por casca, retratam 70% do fruto, enquanto o endocarpo, que representa a parte comestível do fruto, retrata cerca de 13% do fruto. O endocarpo é de coloração branca, e possui um aroma forte com um sabor adocicado. O fruto é completamente sem a presença dos vasos lactíferos.

As sementes do Bacuri são volumosas, e possuem uma cor tendendo para o marrom, e representam 17% do fruto. Existem alguns frutos que vem desprovidos de sementes, no entanto, esses casos são raros.

As Utilidades do Bacuri

O Bacuri é uma fruta que possui inúmeras utilidades alem de possuírem propriedades medicinais e terapêuticas. Entre as substancias encontradas no Bacuri estão: Vitaminas (A, B1, B2, C), Niacina, Glicidios, Proteinas, Lipidios e Sais Minerais (como: o fósforo, o ferro e o cálcio).

Popularmente, o Bacuri é usado para preparação de doces, cremes, tortas, sucos, compotas, licores, geleias e sorvetes.

Com relação aos efeitos terapêuticos do Bacuri estão as propriedades: digestiva, diurética e cicatrizante.

Da semente do Bacuri, pode ser extraído um óleo (as sementes são guardadas pelo período de um ano para extração do óleo – para extrair o óleo, é necessário realizar a fervura da semente em água).

O óleo extraído da semente de Bacuri é utilizado na medicina popular como um remédio com grande eficácia contra: picadas de aranhas e cobras, tratamento de problemas de pele, contra problemas de dores no ouvido e para tratamento de artrites e reumatismos.

Devido as suas características cicatrizantes e a sua eficácia no tratamento de problemas na pele, o Bacuri está sendo usado pela industria de cosméticos.

Outro produto produzido através do uso do Bacuri é a Manteiga, que concede um tom dourado a pele, poucos minutos após a sua aplicação. A Manteiga de Bacuri também tiram as manchas e diminuem as cicatrizes na pele humana.

Da casca do Bacuri é extraído uma resina que é bastante utilizada na veterinária. Além disso o Bacurizeiro é considerado uma planta que possui madeira nobre, que tem varias utilizações na industria madeireira. A madeira do Bacuri é bastante resistente e por isso ela é bastante utilizada na construção de barcos e casas, essa utilização da madeira do Bacurizeiro ainda é observada, nos locais onde existe a ocorrência natural da planta.

E a titulo de curiosidade, o Bacuri já foi utilizado como um dos ingredientes usados na fabricação de um chopp feito pela cervejaria Amazon Beer, que se localiza no Belém do Pará.

Onde Encontrar o Bacuri

Com a grande popularização dos frutos da região amazônica, a fruta que é facilmente encontrada nos mercados populares da região norte do país, pode ser encontrada a sua polpa congelada pronta para consumo.

Caso você esteja na região norte, e consiga encontrar o fruto, verifique o aspecto geral da fruta (que ela esteja sem manchas e lesões na casca). O Bacuri é uma fruta delicada e que se estraga com facilidade, por isso, o ideal é que ela seja consumida no mesmo dia de sua colheita para que não perca o frescor, correndo o risco de azedar ou apodrecer.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Flora

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • Seria possível cultivar em vaso grande ?

    Tatiana 11 de Março de 2014 0:05

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *