A Compostagem Doméstica

Para Fertilizar Jardins e Hortas Recicle Resíduos Orgânicos

A compostagem doméstica é fácil de ser feita, apenas recicle seus resíduos orgânicos no seu próprio jardim, ou se quiser produzir alguma verdura e/ou legume, faça uma horta e deposite seus resíduos, além de estar valorizando e principalmente reciclando, seus alimentos.

a compostagem domestica-1

Para Fertilizar Jardins e Hortas Recicle Resíduos Orgânicos

Outro fator muito importante é que a compostagem feita na sua residência, poupa custos econômicos e ambientais no transporte desses alimentos até o aterro, reciclando em casa, você fertiliza seu quintal, horta ou jardim.

Como possui presença de oxigênio é um processo chamado de degradação biológica aeróbica, através da ação de microorganismos, da matéria orgânica vegetal, o resultado da compostagem é chamado de composto, posteriormente em contato com o solo, originará o húmus.

A compostagem doméstica pode ser feita em qualquer local, seja ele na sua casa, escolas, universidades, habitações, etc., e não precisa gastar praticamente nada e nem precisa de equipamentos para o início ou continuidade do trabalho, pode também ser feito em espaços
pequenos.

O Alimento Natural da Sua Horta ou Jardim

As plantas precisam em pequenas quantidades compostos constituídos pó macroelementos como o cálcio, fósforo, azoto, enxofre, potássio, magnésio, carbono, entre muitos outros.

a compostagem domestica-2

O Alimento Natural da Sua Horta ou Jardim

Conforme os tipos de resíduos, que servem de matéria prima, a composição varia como exemplos para ficar mais claro, os resíduos que cortamos do jardim ou horta, possuem maior quantidade de celulose do que os restos de alimentos que depositamos.

O Composto Doméstico Pode Ser Aplicado Onde?

Pode ser material de cobertura de solos variados, meio de cultura em espaços verdes, corretivo de solos (independente de qual for) e como fertilizante, que é muito importante para os solos.

a compostagem domestica-3

O Composto Doméstico Pode Ser Aplicado Onde?

O composto deve ser bem misturado e maturado para as sementeiras (sementes) e vasos, com duas partes de terra para uma de composto (as quantidades bem divididas, ou pelo menos, quase corretas garantem um bom resultado).

O composto pode ser aplicado primeiro no solo, como cobertura, antes de receber as sementes que germinaram e darão árvores, ou as sementes de uma plantação, seja qual for ela.

As principais funções impedir o crescimento de ervas daninha reter melhor a umidade e principalmente fertilizar. O composto deve ser aplicado várias semanas antes de o solo receber as sementes e deve ter cinco cm de altura.

E por fim, a compostagem tem várias outras funções, porém não menos importantes do que as outras: cobertura de aterros, material de enchimento na recuperação das paisagens (como por exemplo, de pedreiras e minas), silvicultura, cobertura de taludes, relvados de campos de golfe e futebol e muito presente na floricultura, que no final da compostagem, ótimos fertilizantes para as flores, tanto ainda pequenas, quanto depois de grandes garantindo uma “vida” longa.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Ecologia

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *