Florestas Que Viraram Desertos: Saara e China

Sabia que o Deserto do Saara já foi a maior floresta savana do mundo? Ações do tempo e dos homens fez com que a vegetação virasse o maior deserto do globo terrestre entre a modalidade quente. Já visitou a Mata Atlântica ou o Amazonas? Se não, é melhor correr, visto que com os níveis de degradação do presenta existe risco de ambas entrarem no ciclo de desertificação. Conheça florestas que viraram desertos!

Florestas Que Viraram Desertos: Saara e China

Florestas Que Viraram Desertos: Saara e China

Deserto Do Saara: Da Água Ao Deserto

De 10 mil AC até os dias de hora o ambiente no deserto do Saara teve mudanças significativas no ambiente. Na época glacial tinha tamanho maior do que na modernidade. Depois de fica quase dois anos com cobertura de gelo na forma básica do modelo o tempo começou a ser bondoso ao local, por volta do final da era glacial.

Deserto Do Saara: Da Água Ao Deserto

Deserto Do Saara: Da Água Ao Deserto

Interessante notar que a grande parte do gelo apenas desapareceu entre 08 mil AC e 06 mil AC. Por causa das áreas que ficaram com pressão baixa em virtude da presença do gelo a grande parte da água seguiu à parte norte, momento no qual o Saara começou a ficar seco e a trazer as primeiras condições à vida.

Monções e Deserto Do Saara

As monções são grandes problemas no Deserto do Saara que acontece por causa do calor ao extremo. Especialistas apontam que o efeito chegou ao local no final da era do gelo. Não se pode ignorar o fato de que o fenômeno meteorológico chegou ao local e modificou o equilíbrio do habitat ao inverter a tendência de seca na parte sul com ao norte. Os cientistas sabem que nos dias atuais a monção acontece de forma principal no verão.

De qualquer maneira, embora seja um problema da atualidade, as monções foram fatos elementares para traz o ar quente que precisa ser puxado por atmosfera fria via fontes oceânicas para que a chuva se torne realidade a criar espécies vegetais e iniciar o ciclo de vida de forma qualitativa. Nesse sentido o aumento da umidade se adaptou aos níveis solares. Vale ressaltar que aconteciam maiores mudanças nos locais que recebiam sol ao levar em conta que o eixo da terra tinha maior inclinação na época do que nos dias atuais.

Início Da Desertificação No Saara

Grande parte dos especialistas aponta que o começo do processo de desertificação no Saara aconteceu por volta de 3.500 AC, quando começou a secar e montar o cenário que existe na atualidade, ou seja, uma grande imensidão de conjuntos arenosos que pode trazer miragens aos seres-humanos.

Ao que tange o aspecto natural se pode dizer que o planeta mudou a inclinação do eixo e por consequência trouxe o efeito das monções ao sul, local no qual se estabelecem nos dias atuais. Com o excesso de calor além de umidade começou o processo de desertificação que destruiu as floretas em um grande deserto. Nesse sentido de convém pensar que o local está com nível seco semelhante há treze mil anos, condições que intitulam o efeito como a Bomba do Saara.

Tem um dos climas mais inóspitos do mundo. O vento nordeste que prevalece muitas vezes faz com que a areia forme tempestades de areia e diabos de poeira. A chuva, apesar de rara, não é desconhecida. Metade do território recebe menos de dois centímetros (0,79 in) de chuva por ano, com o resto a receber até dez centímetros (3,9 in) de um ano. A precipitação acontece de forma rara, mas quando ocorre surge de forma torrencial, quando ocorre após longos períodos de seca, o que pode durar anos.

A fronteira sul quando medida por chuva foi observada tanto ao avanço como recuo entre 1980 e 1990. Como resultado da seca o limite sul mostrou um movimento sul global de 130 quilômetros (81 milhas) durante esse período. Não se pode ignorar o fato de que o desmatamento também fez o deserto avançar em direção ao sul nos últimos anos, como árvores e arbustos que continuam a ser utilizadas como fonte de combustível.

Florestas e Desertos Na China

China consiste em outro país que sofre com o problema de quedas das floretas e incidência de desertificação em parte do território. Os planos do governo em replantar e restabelecer cobertura vegetal demonstra o resultado no ambiente, embora os níveis de desmatamento estejam além do que chineses conseguem recuperar.

Especialistas apontam que a atividade madeireira tem a culpa principal por sumiço repentino das árvores nos parques chineses, fato que aumenta as chances de acontecer desertificação no solo e queda no valo de biodiversidade. A população chinesa que se encontra em ascensão ao ponto de liderar o mundo em números de habitantes da mesma nacionalidade em território se encontra em demanda que apenas cresce não apenas por habitação, energia e alimentação como também em madeira.

Ao abastecer a demanda nacional e de outros países ao redor do mundo os chineses reduzem o número de florestas. O setor de móveis consiste na grande demanda por demanda e na vilã no sentido de diminuir o valor de árvores e cobertura vegetal. Não obstante o país sofre com problemática por causa do ar impuro que surge na atmosfera, fruto de atividades industriais além do que natureza para regular as temperaturas não apenas no clima como também à pureza atmosférica.

Interessante notar que desde o final do século XX existem regras da Constituição que proíbem o corte de madeira no território chinês. Porém, há locais que possuem corte e produção que usa como matéria prima fontes do setor madeireiro. A lei foi oficializada na China depois de relatórios que culpava a exploração de madeira pode trazer erosões ao solo ao ponto de ficar ameaçado por causa da desertificação

Vale ressaltar que até mesmo o nível de chuva na China entrou em queda por causa da falta de cobertura vegetal que ajuda no processo do ciclo pluvial. Aspectos naturais prejudicam para o aumento de calor e queda da chuva, mas o desmatamento também colabora de forma direta com a queda das florestas da China que estão no caminho de virarem desertos.

Artigo Escrito por Renato Duarte Plantier

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Desastres Naturais

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • eu queria saber se alguma cidade de sao paulo vai virar deserto

    kaylane p. dos santos 28 de Fevereiro de 2014 17:29

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *